Diário de uma mãe neurótica

26 jul

Não nascemos mulheres, tornamo-nos. Também não se nasce mãe, torna-se mãe. A maior besteira é dizer que toda mulher já nasce mãe, a maternidade deve ser uma escolha, e não uma imposição. Dizer que toda mulher já é mãe por natureza anula o papel do filho na construção da maternidade. Só existe mãe quando existe um filho. Lembro de um sonho que tive durante a gestação, nele paria uma menina, e não Miguel, essa menina rapidamente se tornava adulta, mulher, mãe. Em análise interpretei que ao parir meu filho iria também me parir como mãe. A gestação e o parto foram de uma mãe e um filho. Mãe e filho foram por certo tempo um só, mas separar-se é preciso.

Lemos nos guias de desenvolvimento dos bebês que eles experimentam a angustia da separação, o que não li foi que a mãe também pode sentir essa angústia. Será que meu filho já está preparado para nos separarmos? Será que não estou sendo uma péssima mãe por desejar voltar ao trabalho, afastar-me um pouco da vida doméstica? Atualmente vejo uma onda de mulheres que largam o trabalho para ficar com os filhos, não tenho vontade de fazer isso, será que sou uma mãe egoísta?

Separar-se é preciso, o bebê precisa formar-se sujeito, constituir seu ego, e para isso precisa separar-se da mãe, compreender que ele é outro, alguém único. Mas quando os bebês terão estrutura para suportar a falta da mãe? A falta é a própria estrutura, é preciso doar a falta para o bebê, pois sem falta não há desejo. Minha analista disse que a melhor mãe é a pior, é aquela que sabe faltar. Sigo pensado nisso, e deixando a culpa neurótica um pouco de lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: